Lucia Afonso (Blue Orchidaceae)

Culture of House Dance – “Freedom in the House”

Lúcia Afonso, 30 years old, Capoeirista and Dancer, was born in Lisbon, Portugal, but with her roots in Angola.  She began Capoeira at age 12 and at 14 years old she began urban dance styles classes, giving her first steps inside of the Hip Hop culture in 2006 with «ButterflieSoulFlow», a feminine crew that represents the Hip Hop culture.

In 2009, Lúcia decided to follow a professional dance career.  She moved to Paris and began professional dance school training at «CHOREIA» studies in: Ballet, Contemporary Dance, Modern Dance, Horton and Graham Techniques, Acting, Singing, Dance Composition, Jazz and Musical Theater. Lúcia also studied at a Professional School of urban dance styles in France: Break, Popping, Jazz Rock, Hip Hop, Alexander Technique, Hype and House dance.

This professional training enriched her vocabulary. Through dance competitions, dance projects, regular classes in schools like «Juste Debut» and «Micadanses», the had the opportunity to develop the interest for the work of fusion of styles and performing. Since 2011 she has been a Dancer in the French Afro-Hip Hop Dance Company «A Part Etre» in the piece “Revelation” – Performing both a version to be presented to the audience in the streets and a version for Theater, performing for urban dance festivals and street festivals, in several cities of France, Europe and South America.

Returning to Lisbon, she joined some dance projects like «Jukebox», winning and representing Portugal at «Hip Hop International» in the World Finals in Las Vegas, coming in 13th place. In 2013, she became a dancer for the dance company «Orchidaceae Urban Tribal Fusion» where she continued to develop herself as an artist. Since 2015, she’s also been dancing for the French Hip-Hop Dance Company “DYPTIK” in France, performing «Dyptik» and «Le Cri».

After her trip to New York in 2016, in a search for the history of house music and dance, Lúcia (re)discovered the connection between Capoeira, the African Culture, clubbing and urban dances in New York City. In January and February 2017, Lúcia searched for her roots in Bahia, the cradle of capoeira and the Afro-Brazilian, at the magical city Salvador, Brazil. Currently Lúcia is teaching Capoeira, Break Dance, House and Hip-Hop for social projects and Lisbon dance schools «Jazzy Dance Studios» and «ShowIt Dance Academy».

Lucia is an Capoeira instructor and member of the group «LOFTOEIRA» from Los Angeles, and recently she began a continuous formation of Afro-Brazilian and Afro contemporary dance in Bahia, Brazil, and in Europe, during the «Silvestre Training» she studied the technique with the teachers Rosângela Silvestre and Vera Passos. Motivated by the last trip to Benin, she is also starting a new afro contemporary project dance company, in Lisbon, with the afro- Brazilian contemporary dancer Jorge Ciprianno.

Lúcia was the creator with Dougie Knight, in 2012 of the «My Own Style Jam» and also organizer of urban dance events in Portugal. She is invited to Capoeira events and urban dance events such as battles, choreographic contests, Workshops, Dance Conference’s, Judging in countries as: Portugal, Mali, Philippines, South Korea, Finland, UK, France, Morocco, Czech Republic, Colombia, Qatar, Ecuador, Brazil, Norway, USA, Denmark, Belgium, Holland, Czech Republic, Switzerland, Germany, Sweden, Benin, Burkina Fasso, Senegal.

~ Português ~

Lúcia Afonso, 30 anos, Capoeirista e Bailarina, nasceu em Lisboa, Portugal, originária de Angola. Actualmente vive em Lisboa. Começou a Capoeira aos 12 anos e aos 14 iniciou as aulas de estilos de dança urbana, dando seus primeiros passos dentro da cultura Hip Hop em 2006 com o ButterflieSoulFlow, uma equipa feminina que representa a cultura Hip Hop.

Em 2009, Lúcia decidiu seguir uma carreira de dança profissional. Mudou-se para Paris e iniciou a formação profissional na «CHOREIA» com disciplinas como Ballet, Dança Contemporânea, Dança Moderna, Técnicas Horton e Graham, Actuação, Canto, Composição de Dança, Jazz e Teatro Musical. Lúcia estudou numa Escola Profissional de estilos de dança urbana em França, cujas disciplinas incluem Break, Popping, Jazz Rock, Hip Hop, Técnica Alexander, Hype e House dance. Essa formação profissional enriqueceu o seu vocabulário.

Através de competições de dança, projectos de dança, aulas regulares em escolas como «Juste Debut» e «Micadanses», teve oportunidade de desenvolver o interesse pelo trabalho de fusão de estilos e realização de adultos.

Desde 2011 é bailarina da Companhia de Dança Afro-Hip-Hop Francesa «A Part Etre» na peça “Revelação”, com execução de uma versão para ser apresentada ao público nas ruas e uma versão para o Teatro, actuando em festivais de dança urbana e festivais de rua, em várias cidades de França, Europa e América do Sul.

Regressada a Lisboa, integrou alguns projectos de dança como «Jukebox», representando Portugal no «Hip Hop International» nas finais mundiais em Las Vegas ficando em 13º lugar.

Em 2013, tornou-se bailarina da companhia de dança «Orchidaceae Urban Tribal Fusion», onde continuou a desenvolver-se como artista. Desde 2015, dança para a Companhia Francesa de Dança Hip-Hop “DYPTIK” em França, apresentando «Dyptik» e «Le Cri».

Após a sua viagem a Nova York em 2016, em busca da história da house music e da dança, Lúcia (re) descobre a conexão entre a capoeira, a cultura africana, boates e danças urbanas na cidade de Nova Iorque.

Em Janeiro e Fevereiro de 2017, Lúcia procura as suas raízes na Bahia, o berço da capoeira e do afro-brasileiro, na mágica cidade de Salvador, no Brasil.

Actualmente, Lúcia está a ensinar capoeira, break dance, house e hip-hop em projectos sociais e nas escolas de dança de Lisboa «Jazzy Dance Studios» e «ShowIt Dance Academy». Lúcia é Instrutora de Capoeira e integrante do grupo «LOFTOEIRA» de Los Angeles, e recentemente iniciou uma formação continuada de dança Afro-Brasileira e Afro Contemporânea na Bahia, Brasil, e na Europa. Durante a «Silvestre Training» torna-se uma aluna da técnica com as professoras Rosângela Silvestre e Vera Passos. Motivado pela última viagem ao Benin, está a iniciar também uma nova empresa afro-contemporânea de dança de projectos, em Lisboa, com o bailarino contemporâneo afro-brasileiro Jorge Ciprianno. Lúcia é a criadora de Dougie Knight, em 2012, do «My Own Style Jam» e também organizadora de eventos de dança urbana em Portugal. É convidada para eventos de Capoeira e eventos de dança urbana como batalhas, concursos coreográficos, workshops, conferências de dança, julgando em países como Portugal, Mali, Filipinas, Coréia do Sul, Finlândia, Reino Unido, França, Marrocos, República Tcheca, Colômbia, Qatar, Equador, Brasil, Noruega, EUA, Dinamarca, Bélgica, Holanda, República Tcheca, Suíça, Alemanha, Suécia, Benin, Burkina Faso, Senegal.